negócios

Dia da Terra: muito mais que uma data

April 22, 2018

 

Os assuntos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade não são exatamente novos, no entanto, sua importância cresce de forma continua. Em um contexto internacional onde o tema frequentemente entra em pauta – recentemente com a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris –, vale recordar o que está por trás de 22 de abril, data em que é celebrado o Dia da Terra.
 

A origem e o impacto nas relações internacionais

 

A história da data está ligada a um enorme derramamento de petróleo que ocorreu em Santa Bárbara, Califórnia, em 1970. Em consequência deste episódio, o senador norte-americano Gaylord Nelson resolveu adotar um dia nacional de conscientização sobre os problemas ambientais, chegando a mobilizar mais de 20 milhões de pessoas que apoiavam sua causa.

 

Em 22 de abril de 1970, o grande protesto liderado por Nelson tomou as ruas de Washington, Nova York e Portland, dentre outras cidades dos Estados Unidos, onde foram abordados temas como poluição, efeito estufa e desmatamento.  A repercussão do ato foi tão ampla que levou a criação da United States Environmental Protection Agency (Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos).

 

Desde então, diversos órgãos internacionais começaram a organizar eventos, conferências, encontros e debates sobre o tema do meio ambiente. A Conferência de Estocolmo, realizada na Suécia em 1972, foi um marco importante nesse âmbito, por ter sido a primeira reunião de caráter global incentivada pela ONU para discutir as questões ambientais. A conferência contou com a presença de centenas de países, incluindo o Brasil, além de diversas ONGs.

 

Em 1992, foi a vez do Brasil ser anfitrião da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, que foi denominada Rio-92. Os mesmos temas de 1972 foram abordados, porém os problemas do aquecimento global e o desenvolvimento sustentável ganharam maior foco durante o evento. Ainda no Rio-92, foi assinada a Carta da Terra, um documento que propõe os seguintes princípios:

 

I. Respeitar e cuidar da comunidade da vida

II. Integridade ecológica

III. Justiça social e econômica

IV. Democracia, não violência e paz.

 

Campanhas que moldam a consciência

 

Apesar da enorme importância do movimento nas relações internacionais, foi só em 2009 que a ONU oficialmente reconheceu 22 de abril como o “Dia Internacional da Mãe Terra”. As atividades oficiais da data são coordenadas pelo Earth Day Network, órgão sem fins lucrativos, que anualmente lança campanhas visando o trabalho conjunto dos indivíduos em prol de uma causa ambiental específica.

 

Algumas das campanhas mais famosas lideradas pelo Earth Day Network foram:

 

 

Mudança Climática (2000): até então, muitas pessoas não sabiam o que significava aquecimento global e quais eram suas efeitos colaterais. A campanha usou o alcance em massa da internet para conscientizar as pessoas e organizar passeatas pacíficas, pressionando líderes mundiais a adotar medidas que reduzissem o efeito estufa.

 

Plante árvores, não bombas (Afeganistão, 2011): a campanha simultaneamente promoveu o reflorestamento de áreas poluídas e serviu como crítica a violência sofrida pelos afegãos. Aproximadamente 28 milhões de árvores foram plantadas no Afeganistão, o que motivou ONGs locais a adotar a campanha anualmente. “Em meio a guerra e a insegurança, nós escolhemos plantar as raízes da vida. “ diz um dos membros da Afghan Peace Volunteers (Voluntários da Paz Afegã).

 

Bicicletas em Pequim (2012): Para mostrar como a emissão dióxido de carbono pode ser reduzida na China, o país que mais sofre com este tipo de poluição, mais de 100 mil pessoas atravessaram a cidade de Pequim pedalando bicicletas.

 

Fim da poluição de plásticos (2018): neste ano, a campanha da Earth Day Network gira em torno da mudança de atitude das pessoas em relação ao uso de materiais plásticos, de forma que a poluição ambiental por esse material seja reduzida significativamente.

 

 

Devemos nos lembrar, no entanto, que o cuidado com o meio ambiente deve existir não só no Dia da Terra, mas durante todos os dias do ano. Manter as campanhas ativas no longo prazo é um dos desafios encontrados pela Earth Day Network e por diversos outros grupos de causas ambientais.

 

A RI USP Jr. procura sempre adotar procedimentos que não agridam o ecossistema e que evitem o desperdício. Ao longo dos últimos anos, por exemplo, reduzimos sempre que possível nosso uso de papel. De acordo com a ONG WWC-Brasil, a produção de uma tonelada de papel novo consome de 50 a 60 eucaliptos, 100 mil litros de água e 5 mil KW/h de energia.

 

Você sabia?

 

O Dia da Terra possui um hino oficial! Em 2003, o escritor e diplomata indiano Abhay Kumar escreveu o “Hino da Terra”, para homenagear o planeta e seus habitantes. A obra foi traduzida em todos os idiomas oficiais da ONU e também ganhou sua versão em português. Veja abaixo:

 

HINO DA TERRA

 

Nosso oásis cósmico, cósmica pérola azul

O mais belo planeta no universo

Todos os continentes e os oceanos do mundo

Unidos mantemos como flora e fauna

Unidos mantemos como espécies de uma terra

Negra, marrom, branca, diferentes cores

Somos humanos, a terra é nossa casa.

 

Nosso oásis cósmico, cósmica pérola azul

O mais belo planeta no universo

Todos os povos e os países do mundo

Todos por um e um por todos

Unidos desfraldamos a bandeira de terra

Negras, marrom, branca, diferentes cores

Somos humanos, a terra é nossa casa.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload