negócios

Como o Inbound Marketing pode salvar uma pequena empresa

May 15, 2019

Com ferramentas e estratégias simples é possível salvar o marketing de seu negócio.

 

 

O que é Inbound Marketing?

 

O Inbound Marketing (“marketing de atração”, em tradução livre) consiste numa estratégia que visa trazer o consumidor até a empresa. O termo se tornou relevante com a publicação do livro “Permission Marketing”, de Seth Godin, que é considerado até hoje a “bíblia” do Inbound Marketing.

Esse ramo da prospecção passiva baseia-se principalmente na produção de conteúdo relevante que visa “educar” e capacitar o leitor em assuntos relacionados ao produto ou serviço que pretende-se vender, de forma a torná-lo mais propenso a se interessar e comprá-lo.

A aplicação desta estratégia é cada vez mais importante nos dias atuais, já que é baseada quase em sua totalidade no mundo digital. Além disso, busca ir além daquele tipo de anúncio que já é um velho conhecido de todos, o pop-up, que atrapalham a experiência do usuário e não geram resultados tão efetivos na esmagadora maioria das vezes.

As vantagens do inbound para empresas pequenas são ainda maiores, já que, com uma estratégia bem elaborada, uma marca desconhecida pode ganhar maior relevância dentro do ramo em que atua, criando uma relação de confiança com o cliente; e pode resolver problemas como a identificação de seu público-alvo, além de estabelecer ações que foquem especificamente nele.

 

Inbound X Outbound: Quais as principais diferenças entre essas abordagens do marketing?

 

O inbound marketing busca trazer o público até a empresa, como um imã, oferecendo conteúdo mais relacionado aos interesses do público-alvo, abrindo espaço para um relacionamento mas próximo. Já o outbound marketing é o contrário, a empresa chega até o consumidor, se voltando mais a anúncios em publicações impressas e digitais, além comerciais de TV e rádio, cujo principal objetivo é apresentar o produto, sem se atentar a criação de um vínculo com o consumidor.

 

Comunicação: O inbound apresenta comunicação aberta, uma vez que marca e cliente se engajam constantemente. O outbound aborda uma comunicação unilateral, na qual há pouca interação recíproca entre marca e público.

 

Engajamento: O inbound cria um relacionamento de confiança entre o consumidor e a empresa, o que estimula um maior engajamento. O outbound gera um menor engajamento, uma vez que só se mostra efetivo se o consumidor realmente precisa do produto naquele momento, uma vez que não estabelece uma relação a longo prazo.

 

Por que o inbound marketing é mais moderno e eficiente?

 

Depois de entender as diferenças entre o inbound e o outbound marketing, um questionamento que pode surgir é: por que o inbound é mais moderno e eficiente?

 

Assim, há quatro pontos principais que respondem a essa pergunta:

 

Criação de vínculo com o leitor: O inbound marketing é muito mais que um anúncio de 10 segundos ou um panfleto que é rapidamente descartado. A produção de um conteúdo que desperte o interesse do seu leitor faz com que ele se engaje e desenvolva um vínculo mais duradouro com a empresa, acompanhando sua atuação com frequência e se mostrando cada vez mais propenso a se tornar um cliente.

Quando se trata de pequenas empresas, esse vínculo se torna mais que essencial, já que marcas pouco conhecidas, diferentemente de grandes corporações, precisam conquistar a confiança de um potencial cliente e mostrar que de fato estão preocupadas com seu bem-estar e a qualidade do serviço oferecido.

 

Facilidade na medição de resultados: Com o marketing online, é possível medir todos os resultados de forma bem clara (como número de visualizações, cliques e visitas). O uso de ferramentas dentro do próprio Google (Analytics) e das redes sociais permite ao dono do site e sua equipe medirem a real efetividade de suas ações e saber o custo benefício de suas medidas. Outros métodos de divulgação, como um anúncio em jornal ou televisão, podem até fornecer uma estimativa de quantas pessoas compraram ou jornal ou assistiram ao canal naquele dia, mas jamais poderá especificar quantos possíveis clientes foram realmente atingidos pela sua campanha.

 

Investimentos flexíveis:  Se for preciso citar uma das maiores vantagens do inbound marketing sobre o outbound marketing, é a flexibilidade. Portanto, usando o feedback dos usuários e as ferramentas citadas no tópico anterior, é possível encerrar ou aumentar os investimentos em determinada campanha a partir da análise do seu desempenho.

Além disso, o ROI (retorno sobre investimento) de estratégias de prospecção passiva é, no geral, muito maior, já que um investimento muito menor atinge proporcionalmente um número muito maior de pessoas, devido a grande capilarização das relações na internet, fazendo com que muitos sejam atingidos indiretamente pela campanha da empresa.

 

Aumento da visibilidade: Uma estratégia de inbound marketing faz com que mais pessoas com um perfil condizente com o de um cliente da sua empresa tenham acesso a ela quando estiverem fazendo pesquisas ou visitando algum site na internet. Isso não só aumenta a visibilidade das mídias sociais, mas também o engajamento do público para com o conteúdo postado.

 

Planejamento Estratégico: veja a importância desse assunto para impulsionar o rendimento de sua empresa

 

Achando e focando no seu mercado/público-alvo - ferramentas, dicas e estratégias

 

Como visto no último item, as ferramentas de análise dados são cruciais para dar direcionamento às estratégias de inbound marketing da empresa. Uma outra função crucial delas é a análise de perfil dos visitantes.

Com o Google Analytics, que está disponível para qualquer site dentro da plataforma, é possível saber desde a idade dos visitantes da página, até país, nacionalidade, gênero, horário de acesso, dispositivo (celular ou computador). Também é possível ver a receita gerada pelo site, assim como a tendência de acesso dele, seja por horário, por seção do site, ou até mesmo o tempo de permanência médio.

Uma estratégia muito interessante e muito útil para conseguir prospecção através de recursos de e-mail, é oferecer conteúdos exclusivos para aqueles que se cadastrarem no site, como e-books, newsletters e artigos exclusivos. Com isso, é possível estabelecer um contato mais próximo com seus clientes (via e-mail) e saber por quais conteúdos eles de fato se interessam e como oferecer produtos personalizados de acordo com o “gosto” do cliente. Além de agregar valor à fidelização do cliente (com o fornecimento do e-mail), mostra uma dedicação da empresa para além daqueles que já são seus clientes, criando uma boa imagem dela.

 

Percebeu que sua empresa tem problemas em Inbound Marketing e quer saber como resolvê-los? Entre em contato com a RI USP Jr.! Podemos ajudá-lo a trazer verdadeiras mudanças na estratégia de sua empresa!

 

Quer um resumo intuitivo e direto sobre Inbound Marketing? Confira o infográfico desta matéria através deste link!

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload