negócios

Trainees

Processo Alocativo

Entendemos que a universidade é um espaço para aprendizado e que este não deve encontrar barreiras. Por isso, desenvolvemos o chamado Processo Alocativo, cujos objetivos principais são otimizar a participação de todos os interessados na aquisição de conhecimento que a RI USP Jr. oferece e, além disso, o aumento na motivação dos novos membros através da alocação melhor planejada deles nas diretorias. O Processo Alocativo se dá em quatro etapas, liderada pela diretoria de Recursos Humanos:

Um dia na Júnior - É uma primeira imersão no mundo Júnior. Os interessados são apresentados às rotinas da empresa, uma a uma, organizadas por diretoria. Após a apresentação os futuros trainees podem tirar dúvidas com os membros da gestão para que possam preencher o formulário de maneira a priorizar seus interesses em cada área.

1

Case - Os participantes do processo realizam a simulação de um case de internacionalização, situação padrão de vários projetos da empresa. A atividade busca avaliar as capacidades de liderança, planejamento, inovação, dentre outras. A análise será de extrema importância para a alocação mais assertiva possível, feita posteriormente pela Diretoria de Recursos Humanos.

2

3

Entrevista - Possui o objetivo de perceber as características subjetivas do entrevistado, a fim de tornar sua alocação mais coerente e precisa. Esta é a etapa mais importante do processo, pois nela ocorre a primeira interação direta entre o candidato e a gestão da empresa

4

Resultado da Alocação - As decisões são divulgadas para todos os membros durante a primeira Reunião Ordinária do Ano. Conta-se também com o feedback do desempenho de cada novo membro da empresa para que a diretoria de RH e toda a empresa possa caminhar rumo à constante otimização do processo. 

Depoimentos

“Com a Júnior, aprendi a ter responsabilidade, a ser mais organizada e, principalmente, entendi a importância de valorizar o trabalho em equipe e de ser comprometida com a Missão, a Visão e os Valores do local em que trabalho. Por isso, através do desenvolvimento de maior profissionalismo e criatividade, eu consigo enxergar a Júnior apostando na competência e ambição dos colaboradores”

—  Lígia Zaparolli

Ex Diretora de Recursos Humanos e ex Presidente (2017)

Trabalha na Thomson Reuters